Connect with us



Notícias

Secretário de Indústria e Comércio de Missal participa de debate sobre pequenas empresas

Publicado

em

Safismi

Nos dias 12 e 13 de setembro, o Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Missal, Rudi Scherer Paetzold, participou em Curitiba do Encontro do Sistema de Melhoria de Ambiente de Negócios do Paraná. Foi um momento importante para o compartilhamento de ideias e experiencias que movem as micro e pequenas empresas.

A organização do Encontro ficou a cargo do Fórum das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná (Fopeme) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PR). O evento visa, através de palestras e Painéis, debater as demandas da Carta Paraná, buscando o avanço das micro e pequenas empresas no Paraná.

Encontro com comitês territoriais debate melhoria do ambiente de negócios para MPEs

Cerca de 350 pessoas, de 50 organizações que representam as micro e pequenas empresas paranaenses, estiveram reunidas no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, nesta quarta e quinta-feira (12 e 13/09), para o Encontro do Sistema de Melhoria de Ambiente de Negócios do Paraná.

O evento, organizado pelo Sebrae/PR e Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná (Fopeme/PR), com apoio do governo estadual, tem por objetivo reunir os 118 comitês locais e 19 comitês territoriais, para planejar e trocar informações sobre boas práticas adotadas no Estado no intuito de melhorar o ambiente para os negócios.

Na abertura técnica, o diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini, apresentou o andamento das ações previstas na Carta do Paraná – documento elaborado pela sociedade empresarial e membros de comitês municipais e territoriais, durante o 2ª Encontro Estadual das MPEs, em 2017. O documento prevê 350 ações, nas áreas de Inovação, Crédito, Compras Públicas, Associativismo, Educação Empreendedora, Simplificação e Desburocratização.

“Junto com os parceiros em todo Paraná, temos um trabalho permanente dentro de um sistema para a melhoria do ambiente de negócios da pequena empresa no Estado. A Carta do Paraná completou um ano, com uma agenda permanente está sendo feita em etapas e com avanços em todos os seus temas principais”, confere Agostini.

Segundo os dados, de dezembro de 2017 a setembro de 2018, registrou-se um crescimento de 3,42% em acesso a mercados; 4,48% em associativismo; 4,66% em crédito e financiamento; 12,37% em educação empreendedora; 10,66% em simplificação e desburocratização; e 40,51% em inovação e tecnologia.

Na Educação Empreendedora, em 2014, 42 municípios eram atendidos pelos projetos, em 2017, eram 128. Atualmente, são mais de 125 mil alunos, 7 mil professores, mil escolas e 33 Instituições de Ensino Superior. Na área da inovação, além da criação e certificação de incubadoras, foram criados e aprovados o Fundo de Aval Garantidor das Microempresas, o Fundo de Capital de Risco do Estado e o Fundo de Inovação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná.

Importantes avanços também ocorrem na área de acesso a mercado, com ações nas áreas de compras públicas, e crédito, com as cooperativas, o incentivo ao microcrédito e as Sociedades Garantidoras (SGC). “Comprar do local é ser âncora do processo de desenvolvimento econômico. No acesso a crédito para pequenos negócios, o Paraná lidera essa agenda no Brasil, sendo o único estado com seis Sociedades Garantidoras de Crédito, que já viabilizaram R$258,3 milhões em empréstimos a quase sete mil empreendimentos”, pontua o diretor de Operações do Sebrae/PR.

“Todos esses avanços são frutos de um trabalho coletivo. O Fórum Permanente é o único atuando de forma ininterrupta há dez anos no País. Esse Encontro é propício para apresentarmos os avanços e definir o que será feito no próximo ano”, acrescenta o secretário técnico do Fopeme/PR, Ercílio Santinoni.

 

Assessoria

eleicoes
Uniguaçu