Tite sai em defesa de Fagner e promete poupar Dedé e Paquetá

Tite se viu diante de muitas polêmicas sobre o mesmo assunto durante sua entrevista coletiva, nessa segunda-feira, em Washington. A Copa do Brasil segue sendo tema de muita chiadeira de todos os lados. Na última sexta, inclusive, o próprio técnico da Seleção Brasileira admitiu que o Palmeiras se favoreceu por não ter tido nenhum atleta convocado, diferente dos outros três semifinalistas: Corinthians, Flamengo e Cruzeiro.

Talvez na tentativa de amenizar o prejuízo dos clubes e minimizar as críticas sobre a postura adotada pela comissão técnica da CBF, Tite já avisou que vai poupar Dedé, zagueiro da Raposa, e Lucas Paquetá, meia rubro-negro, durante o amistoso dessa terça, contra El Salvador.

Publicidade

“Quando eu era técnico de clube, sempre gostava que o técnico da Seleção tivesse um respeito para devolver em boas condições. Dedé não vai jogar o tempo todo”, afirmou Tite, para emendar. “Tive (uma conversa) com Coutinho e Neymar também. O fato deles não participarem o jogo todo, o quanto de tempo não posso fechar, como Dedé vai jogar só uma parte, Paquetá uma parte. Eu tenho todo o calendário, PSG joga na sexta, Porto joga na sexta, Liverpool joga no sábado, não é essência, mas eu tenho e ter responsabilidade pela saúde dos atletas também”.

Gazeta Esportiva

COMPARTILHAR