Sicredi é destaque no ranking do Banco Central

O Banco Central do Brasil (BCB) divulgou o ranking das “Top 5” de 2018, participantes do Sistema Expectativas de Mercado, com as projeções econômicas mensais mais consistentes ao longo do ano passado. Participam da lista mais de cem organizações, incluindo as maiores instituições financeiras e consultorias de economia do país.

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com 4 milhões de associados e atuação em 22 estados e no Distrito Federal – figura no Top 5 no ranking de inflação, estando presente tanto nas categorias Atacado (IGP-M) – em curto prazo (3ª posição) e médio prazo (5º lugar) –, quanto nas projeções da taxa de juros Selic (5ª colocação).

Publicidade

As classificações anuais do BCB são feitas a partir dos rankings mensais de curto e médio prazos, divulgados ao longo do último ano, atribuindo-se, a cada mês, notas que variam de zero (para o maior desvio em relação ao resultado mensal efetivo) a dez (para o menor desvio em relação ao resultado mensal efetivo) e, então, calculando-se a média das notas mensais.

O Sicredi também foi destaque no Podium de projeções do Prisma Fiscal, gerido pelo Ministério da Fazenda, no qual ficou na segunda colocação nas projeções de longo prazo para Dívida Bruta e na quarta posição em Arrecadação Federal. O Prisma Fiscal é um sistema de coleta de expectativas das mais relevantes instituições financeiras do mercado em relação às principais variáveis fiscais brasileiras.

 

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br)

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

 

Assessoria

COMPARTILHAR