Connect with us

Agricultura

Milho fecha a 5ª feira com baixas de quase 2% em Chicago e, na B3, perdem mais de 15%

Publicado

em

Os preços do milho fecharam o pregão desta quinta-feira (25) com baixas de quase 2% na Bolsa de Chicago pressionados pelos números fracos da demanda pelo grão norte-americano. Dados do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) mostraram as vendas semanais bem abaixo das expectativas do mercado.

As cotações perderam de 6,75 a 7,25 pontos nos principais vencimentos, com o dezembro/18 valendo US$ 3,61 por bushel, enquanto o março/19 ficou em US$ 3,73.

As vendas semanais norte-americanas de milho totalizaram 349,5 mil toneladas da safra 2018/19, enquanto as expectativas variavam de 400 mil a 800 mil toneladas. A maior parte foi destinada ao México e foi registrado cancelamento de 164,5 mil toneladas por parte de destinos não revelados.

Em todo o ano comercial, as vendas americanas do cereal já totalizam 21.437,7 milhões de toneladas. A demanda pelomilho dos EUA se mostra muito intensa neste ano, apesar das últimas duas semanas de volumes semanais mais baixos. Com isso, esse acumulado é bem maior do que o do ano anterior, quando o total era de pouco mais de 16,2 milhões de toneladas. Para toda a temporada, a projeção do departamento é que as vendas alcancem 62,87 milhões de toneladas.

Os americanos venderam também 28 mil toneladas de milho da safra 2019/20.

“Com essas quedas, os preços do milho já contabilizam sua segunda semana consecutiva de baixas pressionados pelos fracos dados de exportações”, explica o analista de mercado Ben Potter, do portal internacional Farm Futures. E essa pressão vem mesmo diante do acumulado das exportações deste ano superando largamente os números do ano passado.

Preços no Brasil

Na bolsa brasileira – a B3 – os preços do milho cederam de forma bastante considerável, com as perdas entre o principais vencimentos ficando entre 16,05% e 18,15% somente nesta quinta-feira.
Assim, o vencimento novembro/18 ficou com R$ 35,12 por saca, enquanto o março/19 foi a R$ 36,10.

A baixa foi intensificada por uma nova queda do dólar nesta quinta-feira. A moeda americana fechou o dia com queda se 1,15% e valendo R$ 3,7033. Na mínima do dia, a divisa marcou R$ 3,6818.

“À espera do segundo turno, o dólar vinha oscilando entre 3,68-3,72 reais e, hoje, voltou para esses níveis, depois de ter fugido na véspera com a forte aversão ao risco global. Voltou ao normal”, comentou o gerente de câmbio da corretora Ourominas, Mauriciano Cavalcante à agência de notícias Reuters.

 

Notícias Agrícolas

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755