Connect with us

Região

Homem perde R$30 mil e Polícia Civil evita prejuízo maior no “Golpe da Donzela”

Publicado

em

O “Golpe da Donzela” continua fazendo vítimas em Toledo, pelo menos duas queixas são oficializadas semanalmente na 20ª Subdivisão Policial de Toledo.

Na tarde desta quinta-feira (6), ao tomar conhecimento de uma situação que levava a crer que fosse mais um golpe, o superintendente da 20ª SDP, Antonio da Costa Filho, conseguiu evitar que um rapaz solteiro, trabalhador, entregasse mais R$ 50 mil nas mãos dos golpistas, uma vez que o mesmo já havia retirado R$ 30 mil de uma conta conjunta que possui com sua mãe para depositar para os bandidos, uma vez que havia enviado fotos suas de nudez para garotas via Facebook e “caiu” na armadilha montada pelos estelionatários, que normalmente agem no Rio Grande do Sul.

“O rapaz foi até a agência bancária na tarde de ontem, acompanhado com sua mãe para sacar R$ 50 mil reais. O atendente do banco desconfiou de algo errado e nos comunicou e orientamos que ele viesse até a delegacia, num primeiro momento o mesmo manifestou medo de ser preso, mas orientamos e explicamos como o golpe funciona e assim pelo menos conseguimos evitar que esse volume de dinheiro fosse entregue a esses estelionatários que usam de boa conversa, sabem intimidar e fazem uma pressão muito grande na cabeça da vítima.

Quanto ao dinheiro restante, vamos verificar o que pode ser feito, mas normalmente eles usam “laranjas” para fazer o saque e desaparecem.” Comentou o superintendente.

Antonio da Costa Filho deixou um alerta para a pessoas que gostam das redes sociais para que não venham a se expor demais e cuidem com as “donzelas”, “normalmente meninas bonitas, que entram no perfil do camarada puxando conversa, o papo esquenta e começa a troca de mensagens e até que vai para as fotografias de nudes, ai o cara se enrola e no dia seguinte ou dois dias depois passa a receber ligações e ameaças de ter suas fotos expostas aos seus familiares e amigos na rede social, quando não, inventam que a menina quebrou celular, notebook e até que cometeu suicídio.

Apresentam um Mandado de Prisão falso e exigem o dinheiro com prazo restrito para que o mesmo não seja preso e que para deixar tudo “quieto” exigem altas quantias em dinheiro. A gente faz alertas, mas toda semana temos registros de vítimas aqui em Toledo.” Finalizou.

Fonte: Radar B.O

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755