Homem é preso por desacatar salva-vidas na prainha de São Miguel do Iguaçu

Um banhista acabou detido pelo Corpo de Bombeiros após desacatar os salva-vidas que tentavam orientá-lo à não se banhar em uma área que oferecia riscos na prainha do Balneário Ipiranga, em São Miguel do Iguaçu.

Por se tratar de um local não liberado para banhistas, os bombeiros que atuavam como salva-vidas na prainha, orientaram por diversas vezes o indivíduo, para que ele não permanecesse naquele local, pois oferecia riscos ao mesmo.

Publicidade

Após certo tempo de diálogo, o homem se retirou do local e disse que ‘ficaria até a hora que quisesse’, retornando mais tarde já próximo do horário de fim de turno dos salva-vidas, na companhia de familiares, e um deles novamente adentrou na água em local não liberado para banho.

Quando os militares foram orientar a pessoa que havia entrado na água, o indivíduo que anteriormente havia descumprido as orientações dos militares, passou a discutir e proferir xingamentos à equipe dos bombeiros, desacatando as ordens de não entrar na água em local perigoso, recebendo então voz de prisão por parte dos bombeiros.

Por ser horário de troca de turno dos salva-vidas, haviam oito militares do Corpo de Bombeiros no local, e mesmo assim os familiares do homem tentaram impedir que o mesmo fosse detido e conduzido, dando trabalho às equipes.

Com o apoio de uma equipe da Guarda Municipal, o homem foi conduzido primeiramente até o Destacamento da Polícia Militar para registro do Boletim de Ocorrência, sendo posteriormente encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde ficou preso em flagrante, sendo arbitrada fiança ao mesmo.

 

Portal Costa Oeste

COMPARTILHAR