Connect with us



Notícias

Canoa afunda no Rio Paraná e ao menos 4 pessoas estão desaparecidas

Publicado

em

Safismi

Na noite desta segunda-feira (04), a Comisaria paraguaia atendeu um pedido de socorro vindo do Rio Paraná. No local, foi localizado um adolescente de 16 anos que pedia ajuda. O jovem foi resgatado próximo a um porto que fica em Presidente Franco. Segundo informou o adolescente, ele estava em um barco improvisado que afundou no Rio Paraná. Ainda de acordo com o rapaz, pelo menos 12 pessoas estavam com ele.

Segundo o relato do menor, ele e os demais estavam atravessando o Rio Paraná em uma canoa pequena. Todos são homens paraguaios que trabalham como estivadores no Brasil. Devido a restrição para entrada de estrangeiros, o grupo vem para o lado brasileiro de forma ilegal. Porém, o adolescente relatou que o barco onde eles estavam teria sido atropelado por uma embarcação maior, no momento que regressavam ao Brasil. Todos caíram na água e até o momento só ele conseguiu chegar na margem do Rio. Os demais estão desaparecidos.

O adolescente disse que o barco que causou o acidente era parecido com o que é utilizado pela Polícia Federal. No entanto, a Rádio Cultura entrou em contato com o Núcleo de Polícia Marítima da Polícia Federal (Nepom) que negou a informação. De acordo com o Chefe do Nepom, Augusto Rodrigues, na noite desta segunda-feira, 04, não havia nenhuma embarcação da Polícia Federal no Rio Paraná.

Segundo o Jornal ABC Color, quatro permanecem desaparecidos, outros quatro foram resgatados com vida. As primeiras informações registravam 12 pessoas. Porém, esse número foi atualizado para oito pessoas no barco. Portanto, metade do grupo foi resgatado com vida.

Fonte: Rádio Cultura Foz/ABC Color

eleicoes
Uniguaçu