Brasil e Paraguai assinarão convênio para construção da segunda ponte custeada por Itaipu

Orçada em U$ 100 milhões (cerca de R$ 400 mi) as obras da segunda ponte entre Brasil e Paraguai e a ligação com a Perimetral Leste em Foz do Iguaçu deverão ser custeadas pela Itaipu Binacional. Detalhes sobre o convênio que estabelece os termos da construção foram tratados na tarde de hoje (04) em Brasília, com a participação do Presidente Michel Temer, o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da Reública, Carlos Marun, do prefeito Chico Brasileiro, diretores de Itaipu Binacional, e deputados federais. No próximo dia 17 representantes dos governos dos dois países devem assinar o convênio para execução da obra.

“Esse documento marca a retomada de um sonho, um desejo de mais de 30 anos de nossa cidade. Foz do Iguaçu pode finalmente voltar a acreditar nessa obra e deve agradecer muito ao somatório de forças estabelecidas aqui hoje, em especial à Itaipu Binacional e ao Governo Federal, para que isso pudesse ser verdade. Esperamos muito em breve podermos anunciar o início dos trabalhos de construção dessa ponte.” comemorou o prefeito Chico Brasileiro.

Publicidade

A nova ponte foi projetada para ligar a cidade de Puerto Franco (região metropolitana de Ciudad Del Este) no Paraguai ao bairro Porto Meira, no extremo sul de Foz do Iguaçu, região próxima também à ponte Tancredo Neves, que liga Brasil e Argentina. Neste investimento também esta contemplada a implantação da Perimetral Leste, avenida que irá ligar a região das pontes até a BR 277, desviando o fluxo de caminhões de carga que hoje passa por algumas das principais vias do centro da cidade.

O presidente Michel Temer solicitou que o documento elaborado na tarde hoje seja encaminhado para as assinaturas na próxima reunião dos conselheiros de Itaipu, marcada para 17 de setembro.

 

Rádio Cultura Foz

COMPARTILHAR