Connect with us

Notícias

Armada Paraguaia nega esquema de cobrança de propina para entrar no país

Publicado

em

A Armada Paraguaia negou que exista um esquema de cobrança de propina para permitir a entrada de pessoas ao Paraguai sem esperar liberação do Conselho de Defesa Nacional (Codena) e cumprimento de quarentena. Imagens de veículos passando a Ponte da Amizade foram divulgadas pela imprensa brasileira na última semana.

Na sexta-feira (1), imagens de dois veículos cruzando a fronteira e parando na aduana paraguaia foram divulgados pela imprensa de Cidade do Leste. A Polícia Turística confirmou que duas camionetes vindas do Brasil estavam paradas na aduana paraguaia prontas para serem liberadas pelos militares da Marinha.

O promotor do Ministério Público do Paraguai, Edgar Modesto Tolares, foi até a zona primária na noite de ontem para cobrar explicações. Durante a intervenção os militares alegaram que deixaram os veículos ingressarem até a aduana apenas para não obstruírem a passagem de caminhões e que os ocupantes cumprirão quarentena obrigatória.

Camionetes das marcas Hyundai Santa Fé e Kia Sorento, cruzaram a Ponte da Amizade por volta das 19h de sexta-feira, com a permissão da Prefeitura Naval del Este. Os dois veículos ficaram parados na zona primária.

O promotor conversou com os militares e com os ocupantes das camionetes e em seguida deixou a aduana, sem constatar nenhuma irregularidade. Os paraguaios passaram a noite dentro dos veículos estacionados na aduana, à espera de uma decisão do Conselho de Defesa Nacional, enquanto outro grupo de paraguaios a pé pernoitou na passarela da Ponte da Amizade.

A Armada Paraguaia emitiu uma note informando que permitiu a passagem de um dos veículos, sendo que um dos ocupantes possui permissão para realizar tratamento de saúde em Foz do Iguaçu.

Fonte: RCF | Fonte: ABC Color

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755