Connect with us

Região

Acaresti registra recorde histórico no faturamento da Coleta Seletiva

Publicado

em

A Associação dos Catadores de Resíduos Recicláveis e/ou Reaproveitáveis de Santa Terezinha de Itaipu – Acaresti, bateu um novo recorde no mês de janeiro de 2021. Com um total de 179,9 toneladas de materiais recicláveis coletados e processados, a associação registrou um faturamento 29% superior a melhor marca registrada no mesmo período do ano passado.

O aumento do faturamento das vendas no mês de janeiro, tendo em vista a valorização do produto comercializado, impactou diretamente no aumento da renda média dos catadores.

De acordo com o chefe da divisão da coleta seletiva, Darlei Sousa, resultados como esses são possíveis graças a participação ativa da população itaipuense e da melhoria das condições de trabalho da Acaresti. “A colaboração da população faz toda a diferente. Ficamos felizes pela adesão dos itaipuenses, que se mantém firmes ao longo desses seis anos de implementação do sistema de coleta seletiva. Vale ressaltar que, com a estrutura adequada, equipamentos funcionais e uma equipe alinhada, é possível agregar valor ao material através de um processamento mais eficiente, gerando resultados positivos”, disse.

Acaresti

Desde fevereiro de 2014, quando atividades do atual programa de coleta seletiva tiveram início, vem sendo realizado um monitoramento constante para avaliar o desempenho e os resultados frutos da coleta seletiva, bem como o engajamento da população itaipuense com esse projeto. Com isso, não é raro que marcas histórias sejam quebradas frequentemente, uma vez que o número de adeptos ao programa e a qualidade do processamento vem aumentando ao longo dos anos.

Para se ter uma ideia, em 2014, o programa de coleta seletiva recolhia e destinava à Acaresti, um montante médio de 77 toneladas de materiais recicláveis ao mês. Hoje, são recolhidos em média, 120 toneladas ao mês.
Para o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Paulo Ruppenthal, isso é resultado do esforço da administração municipal, parceiros, associação e da população. “No início eram somente 30 toneladas ao mês, hoje podemos ver que a realidade é bem diferente, graças a implantação do programa e a união de todos. Esse novo recorde é motivo de felicidade”, finalizou.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755