Rodrigo Caio é expulso, mas Tricolor joga bem e fica no 0 a 0 com o Rosário

O São Paulo pode não ter feito um jogo brilhante, mas mostrou novamente que seus rivais não terão vida fácil para vencê-lo nesta temporada. Nesta quinta-feira, o time do técnico Diego Aguirre teve de jogar metade da partida com um homem a menos por conta da expulsão de Rodrigo Caio, contudo, mesmo em desvantagem numérica, conseguiu sair de campo com o empate em 0 a 0 contra o Rosario Central, no Gigante de Arroyito, em Rosario, na Argentina, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

Diferente das últimas partidas, o São Paulo entrou em campo com três zagueiros nesta quinta-feira, porém, os planos do técnico Diego Aguirre tiveram de ser rapidamente alterados por conta da lesão de Reinaldo. Sem nenhum outro lateral-esquerdo como opção, Liziero teve de ser deslocado, e Lucas Fernandes acabou entrando no lugar do camisa 14.

Publicidade

A situação piorou com a expulsão de Rodrigo Caio no fim do primeiro tempo, fato que forçou o Tricolor a recorrer para a linha de quatro jogadores na defesa. Apenas na reta final, aos 36 minutos, o São Paulo voltou a ter igualdade numérica com o cartão vermelho dado a Carrizo por entrada dura em Militão.

Com o empate sem gols, o São Paulo se coloca em boa posição para o jogo de volta da primeira fase da Sul-Americana, marcado para o próximo dia 9 de maio, no estádio do Morumbi. Uma vitória simples garante o Tricolor vivo na disputa pelo bicampeonato do torneio em que é o clube que mais o disputou (11 vezes).

Gazeta Esportiva

COMPARTILHAR