Trabalhadores da BR-277 continuam em greve em São Miguel do Iguaçu

Trabalhadores que atuam nas margens da BR-277 continuam com os braços cruzados reivindicando diálogo com a empresa Diefra, contratada pela concessionária Eco Cataratas por meio de licitação. Em São Miguel do Iguaçu, cerca de 20 funcionários realizam serviços de roçada e manutenção na área de domínio da rodovia.  O grupo protesta no pátio de um posto de combustíveis da Avenida Iguaçu, após orientações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A tensão ficou ainda maior quando empresa contratou outros trabalhadores para suprir os serviços. De acordo com o Secretário do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada no Estado do Paraná (SINTRAPAV-PR), Fábio Godin, a empresa se recusa a negociar com a entidade. Ele afirma que os trabalhadores foram filiados com a outro sindicato, que não é reconhecido como representante da categoria.

Publicidade

Os trabalhadores reivindicam a retomada de benefícios como cesta básica, café da manhã e o valor do repasse para o almoço. Eles afirmam que o salário está abaixo do piso estadual e deixaram de receber participações nos lucros e resultados.

 

Fernando Figa
Redação RJ