Show Rural já cultivou áreas para testes de produtividade

Há mais de 15 anos o Show Rural Coopavel dedica parte de suas áreas de cultivo a testes de produtividade de variedades de soja e de híbridos de milho de empresas parceiras. Os números alcançados causam expectativa entre os participantes e produtores rurais da região de abrangência da cooperativa. “Eles servem como referência. Por isso, a divulgação é esperada com bastante atenção”, informa o coordenador geral do evento, o engenheiro agrônomo Rogério Rizzardi.

Uma das etapas fundamentais para a apresentação dos resultados em 2020, que costumam sair em média 40 dias depois do término do Show Rural Coopavel, acaba de ser concluída. O plantio dos híbridos e das variedades, em duas épocas, já foi feito. E tudo respeita critérios técnicos cuidadosos para que os resultados sejam os mais precisos e confiáveis possíveis, conforme Rizzardi. Para isso, a Coopavel observa atentamente todas as etapas.

Publicidade

Os materiais para a testagem são fornecidos pelas próprias empresas interessadas em participar. Para o trabalho já em curso foram cultivados 36 híbridos de milho e 39 cultivares de soja, informa o técnico agrícola Pedro Todero. A tecnologia empregada nas áreas é a mesma para todos e igual à utilizada pela grande maioria dos proprietários rurais da região. “Utilizamos uma tecnologia de alto padrão, mas que seja uma solução possível e viável para o bolso de nossos agricultores”, ressalta o coordenador geral do Show Rural Coopavel.

O trabalho nos canteiros destinados à testagem de produtividade é realizado com total transparência. “Tudo é igual no preparo e custos justamente para permitir que a diferença entre as variedades e híbridos, que então serão verificadas, mostre realmente o potencial genético de cada semente”, diz o agrônomo trainee Matheus Henrique de Souza, que há anos é um dos encarregados pelo trabalho na área experimental da Coopavel.

Diferentes

Por mais que os cuidados sejam os mesmos, os resultados das variedades e híbridos são diferentes a cada nova edição dos testes de produtividade. E a explicação está em oscilações do clima durante o período de cultivos e desenvolvimento das culturas. Um dos cuidados observados no Show Rural Coopavel é o preparo do solo, que tem o perfil corrigido. As sementes são testadas apenas em um cultivo, por isso não consideram dados de safrinhas. O 32º Show Rural Coopavel vai acontecer de 3 a 7 de fevereiro de 2020.

Crédito: Assessoria