Connect with us



São Miguel do Iguaçu

São Miguel do Iguaçu fecha primeiro quadrimestre liderando a geração de empregos

Publicado

em

O município de São Miguel do Iguaçu fechou o primeiro quadrimestre deste ano liderando o ranking de geração de emprego entre os municípios com população entre 23.773 e 30.564 habitantes, que se enquadram na faixa 1,4 do CIFPM – Coeficiente Individual do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Seguindo a tendência dos últimos três anos, o município segue avançando e criando novas oportunidades no mercado de trabalho. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), entre janeiro e abril de 2024, foram gerados 394 novos empregos formais. Ao todo foram 1.793 admissões e 1.399 desligamentos.

Se somado o período entre janeiro de 2021 e abril de 2024, foram gerados no município 1.589 novos postos de trabalho com carteira assinada. ‘Esse resultado não apenas fortalece a nossa economia, como também melhora a qualidade de vida dos nossos munícipes, com novas oportunidades de trabalho e renda’, destacou o prefeito Boaventura Motta.

Nos quatro primeiros meses deste ano o setor que teve maior destaque foi o da agropecuária, que gerou 179 novos empregos formais. Outro setor que se destaca é o de serviços, que gerou 125 novas colocações no mercado de trabalho, seguido pela indústria com 57 novos empregados com registro.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Valcir Teixeira, reforçou o compromisso do Governo Municipal em fomentar o crescimento econômico do município, com diversos programas de incentivo à geração de empregos, como o Programa Juro Zero, cursos de qualificação profissional, parcerias com o setor privado e facilitação do ambiente de negócios. ‘Essas iniciativas visam não apenas aumentar a oferta de empregos, mas também melhorar a qualidade de vida da população e assegurar um futuro próspero para o município’, enfatizou.

Além desses, também podem ser destacados programas para fortalecer os trabalhos na área rural, como o programa de corte e transporte de silagem, inseminação artificial, recuperação das estradas e apoio nas propriedades.

Para o vice-prefeito Claudio Rodrigues, esses números confirmam o progresso econômico do município. ‘Esse resultado positivo é fruto do comprometimento da nossa gestão e dos programas de incentivo à geração de empregos. Temos um forte compromisso com o desenvolvimento econômico e social da cidade, com políticas públicas que estimulam a criação de empregos e o crescimento sustentável’, afirmou.

De acordo com dados atualizados do CAGED, em 2021 foram gerados 673 novos empregos em São Miguel do Iguaçu. Em 2022 o saldo também foi positivo, com a colocação de 425 pessoas no mercado de trabalho e o ano de 2023 fechou com saldo positivo de 97 novos registros de empregos formais.

 

Fonte: assessoria

Uniguaçu