Connect with us

Policial

Santa Helena: Policial é ameaçado por homem que queria reaver capacete e “acertar contas” com militar que testemunhou contra ele em audiência

Publicado

em

No fim da tarde de segunda-feira (02), um homem foi até a unidade da PM de Santa Helena para reaver um capacete que havia ficado no local quando ele havia sido preso, bem como a presença do policial queria o policial que testemunhara contra ele em uma audiência pela manhã.

O policial de plantão explicou ao homem, que o atendimento seria prestado no dia seguinte, pois já não havia mais expediente.

O autor estava alterado e gritando, disse que tinha coisas para resolver e que não sairia da unidade policial enquanto não resolvia.

Novamente o soldado teria explicado a situação e pedido para o indivíduo se retirar do local, pois estava perturbando, momento em que o mesmo bateu no balcão e dizendo: “beleza, fica tranquilo que nois se vemo lá fora” dando de dedo na cara do policial e permaneceu no local.

Foi então solicitada a presença da equipe policial que estava na rua. O policial plantonista saiu de trás do balcão para conduzir o autor para fora da unidade policial, momento em que o homem investiu contra o plantonista que usou bastão tonfa para cessar a agressão, sendo que o indivíduo foi em direção a porta, pegou sua bicicleta, sendo acompanhado pelo PM.

Segundo a PM, a todo o momento, o cidadão discutia e fazia ameaças, dizendo: “que isso não ia ficar assim, que ia ter volta, que os policias iriam ver o que ele tava dizendo”.

Mesmo sendo advertido o homem não se retirou do local e continuou discutindo com o militar, dizendo que queria suas coisas e o policial da audiência, que não sairia da unidade policial e que o soldado não era homem, era lixo, vagabundo, otário, ia se foder também, por que na audiência pela manhã não deu nada, “não da nada pra mim aqui, eu já sai da cadeia esses dia, volto de novo”.

Quando a equipe policial da rua chegou, o homem estava ameaçando e discutindo com o soldado na frente do pelotão, foi dada ordem de abordagem, porém o autor ignorou e disse: “cala a boca que eu to falando é com ele aqui”, e continuou a discutir.

Mais uma vez foi dada ordem de abordagem, a qual novamente foi ignorada.

O homem, que se mostrava bastante alterado, gritava com os PMs. Foi feito uso do bastão tonfa, mas o autor se voltou contra a equipe policial proferindo ameaças, sendo orientado para que se retirasse do local, mas continuava insistindo em discutir e ameaçar os policiais presentes.

Que após diversas orientações o autor se retirou do local.

Posteriormente o policial optou pelo direito de representação, então o autor foi localizado quando chegava em sua casa. Ele acompanhou os PMs até o pelotão, para a confecção do documento..

Fonte: Correio do Lago

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755