Connect with us

Brasil

Palmeiras supera assédio a jogadores e constrói elenco com contratos a longo prazo

Publicado

em

Safismi

Os milhões de euros da China que poderiam aliviar as contas não só foram recusados – mais de uma vez – como ajudaram o Palmeiras a longo prazo. Depois de segurar a investida do Tianjin Teda por Bruno Henrique, a diretoria do Verdão venceu a concorrência e deu segurança a Felipão para as próximas temporadas.

Em termos de contrato, Bruno Henrique era o jogador que mais causava preocupação no Palmeiras. A multa rescisória no valor de 6 milhões de euros (R$ 25,3 milhões na cotação atual) deixava o clube na iminência de perder seu capitão para uma proposta salarial irrecusável de fora, que até veio, mas foi transformada em renovação por Alexandre Mattos.

O assédio chinês fez o Verdão ampliar os vínculos de Dudu e Bruno Henrique até o fim de 2023. O clube também terá à disposição no mesmo período o lateral-direito Mayke, o volante Matheus Fernandes, o meia Zé Rafael e os atacantes Arthur Cabral e Carlos Eduardo – o zagueiro Antônio Carlos também tem vínculo até 2023, mas se encerrando em junho.

Gustavo Gómez chegou ao Palmeiras em agosto, com contrato até junho de 2019. Mas, como o próprio paraguaio já revelou, há uma cláusula de extensão automática do vínculo se ele jogar pelo menos 50% das partidas do clube no período – o jogador tem 20 jogos e três gols marcados com a camisa alviverde até agora.

G1

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp 45 3565-1033 - Canal direto com nossa redação - Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755