Morador de Santa Terezinha é preso com carro roubado carregado de cigarros

Na tarde de ontem, quarta-feira 27 de Fevereiro de 2019, por volta das 16h27, a equipe do policiamento comunitário da ÁREA III, Bairro Morumbi/Bairro Panorama, quando em patrulhamento preventivo pela Avenida Perimetral Leste, avistou o veículo marca VW modelo SAVEIRO de cor PRETA e placas MIK 6331 da cidade de Tubarão Estado de Santa Catarina trafegando em atitude dita suspeita.

Ato continuo a equipe aproximou-se e utilizando dispositivos sonoros e luminosos ordenou a parada do referido veículo, porém o condutor não obedeceu a ordem e acelerou em fuga obrigando a equipe a iniciar um acompanhamento tático sendo inclusive solicitado apoio de outras viaturas.

Publicidade

Durante a fuga o motorista invadiu diversas preferencias e sinais vermelho de semáforos, e já na Rua Bruno Azambuja (antigo Cohapar) o condutor abandonou o veículo e inicio a fuga a pé pulando diversos murros de residências porém não obteve êxito sendo alcançado por uma equipe sendo que no momento da detenção este investiu contra as equipes com socos e ponta pés sendo necessário uso de força moderada para conter as agressões.

No veículo, escondido na caçamba, foi localizado uma grande quantidade de caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, desta forma a pessoa qual apresentou documentos em nome de A.C.P. foi encaminhado juntamente com o veículo até a delegacia de Policia Federal, aonde durante confecção da documentação a equipe observou inconsistências entre o que o detido falava e os dados inseridos no documento apresentado, assim a equipe aprofundou a entrevista e consegui a informação de que o nome verdadeiro do detido seria A.C.P., 24 anos de idade, morador de Santa Terezinha de Itaipu e que o documento apresentado seria de seu irmão.

Diante desta informação foi feito pesquisas junto aos sistemas informatizado e localizado em desfavor de A.C.P. uma mandado de prisão em aberto proveniente da Vara Criminal da Comarca de São Miguel do Oeste Estado de Santa Catarina, já o veículo ao ser verificado o número identificador (chassis) a equipe observou inconsistência entre os dado inseridos no documento e os do chassi sendo então verificado no sistema informatizado e constatado que o veículo ostentava placas frias sendo que a original seria AWB 9337, da cidade de Clevelândia, no Paraná, e estava com indicativo de roubo acontecido em data de 15 de Dezembro de 2018.

Diante da situação o veículo, cigarros e A.C.P. foram apresentados a autoridade policial Federal de plantão qual determinou a lavratura de prisão em flagrante pelos crimes de contrabando, documentos falsos receptação e deu fiel cumprimento na ordem judicial de prisão.

 

Redação com informações da Guarda Municipal