Connect with us

Esporte

Massa anuncia que irá se aposentar em definitivo da F1 no fim do ano

Publicado

em

Felipe Massa não continuará na Fórmula 1 em 2018. O brasileiro anunciou em seus perfis nas redes sociais, neste sábado, que não irá renovar com a Williams e, por isso, as provas no Brasil e em Abu Dhabi serão suas duas últimas na sua carreira de muitas conquistas e um quase título mundial.

“Fala, pessoal! Como vocês sabem, no ano passado eu anunciei que iria encerrar minha carreira na Fórmula 1, mas a Williams me pediu para continuar mais uma temporada e eu continuei. Mas desta vez é verdade. Minhas últimas corridas de Fórmula 1 serão em Interlagos, no Brasil, e em Abu Dhabi”, afirmou Massa em vídeo postado em sua conta pessoal no Instagram.

O brasileiro finalizou o vídeo agradecendo a todos que apoiaram seu trabalho e que deverá continuar correndo em outras categorias.”Em Abu Dhabi, gostaria de agradecer todo o carinho e suporte da minha família, dos meus amigos, dos meus patrocinadores e de todos vocês que torceram por mim durante todo esse tempo, e que continuem torcendo por mim em outras categorias e campeonatos pela frente. Nos vemos no Brasil e em Abu Dhabi. Um grande beijo a todos e valeu!”.

Neste ano, Massa não teve números expressivos e está atualmente na 11ª posição no ranking geral da temporada da Fórmula 1. Seu melhor momento na carreira foi em 2008, quando ficou muito próximo de ser campeão mundial e quebrar um jejum brasileiro de mais de quinze anos, já que o último foi Ayrton Senna, em 1991. Felipe ganhou a corrida decisiva no GP de Interlagos, porém viu o britânico Lewis Hamilton ultrapassar o alemão Timo Glock na última curva e conquistar a inédita conquista.

Outro momento marcante na carreira de Massa, mas desta vez no lado negativo, foi em 2009 quando uma mola desprendeu do carro de Rubens Barrichello, atingiu o capacete de Felipe e o deixou desacordado a mais de 200 km/h,o que causou uma série preocupação pelo estado de saúde do brasileiro, que ficou afastado por um tempo para conseguir se recuperar do grave acidente.

A estreia do brasileiro na Fórmula 1 foi no Grande Prêmio da Austrália, em 2002, na época pilotando a Sauber. Na temporada seguinte, passou a ser piloto de testes da Ferrari, que tinha como dupla titular Michael Schumacher e Rubens Barrichello. Em 2004 e 2005, trabalhou novamente pela equipe de Peter Sauber. Já no ano posterior, Massa se transferiu para a Ferrari, na qual viveu os melhores momentos de sua carreira. A despedida da escuderia italiana aconteceu em 2013.

Em seguida, o piloto nascido em Botucatu, no interior paulista, passou a correr pela Williams, chegando a anunciar sua aposentadoria no fim do ano passado. Na época, aquela que deveria ser sua última participação em Interlagos terminou de forma emocionante, com choro e homenagens de torcedores e companheiros de F1.

Porém, com a ida de Valtteri Bottas para substituir Nico Rosberg na Mercedes, no início de 2016, Massa acabou aceitando o convite da Williams para permanecer por mais uma temporada. Nas semanas passadas, aumentou a expectativa sobre o futuro do brasileiro, que encerrou o mistério neste sábado, confirmando a aposentadoria.

Em sua carreira na categoria, o esportista disputou até agora 267 corridas, com 11 vitórias. Massa também cravou 16 pole positions e subiu no pódio 41 vezes. As classificações finais em cada uma de suas temporadas até 2016 foram as seguintes: 2002 (13º), 2004 (12º), 2005 (13º), 2006 (3º), 2007 (4º), 2008 (2º), 2009 (11º), 2010 (6º), 2011 (6º), 2012 (7º), 2013 (8º), 2014 (7º), 2015 (6º) e 2016 (11º).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755