Connect with us

Notícias

Madrinhas Vocacionais organizam o terço desta segunda (08/10) na gruta da RJ

Publicado

em

A Rádio Jornal e a Paróquia São Miguel realizam nesta semana a reta final da série de 11 Santos Terços em preparação ao Dia de Nossa Senhora Aparecida. Nesta segunda-feira (08/10) o encontro será organizado pelas Madrinhas Vocacionais a partir das 18h30 na gruta ao lado da torre de transmissão.

O espaço mantido pela Rádio Jornal está situado na estrada de acesso à comunidade de Aurora do Iguaçu, no interior do município. O local é o destino de milhares de fiéis para momentos de fé, oração e reflexão.

A novidade em 2018 é uma série de onze encontros nos dias que antecedem o feriado da Padroeira. Entre os dias 1ª e 11 de outubro, a Gruta da Rádio Jornal receberá grupos de oração para rezar o Santo Terço. As reuniões serão realizadas às 18 horas e são abertas a toda a comunidade.

No dia 12 de outubro, a concentração ocorrerá às 06h30 em frente à Igreja Matriz de São Miguel do Iguaçu. Em seguida, os devotos iniciarão a procissão em direção à gruta com cânticos em homenagem à Nossa Senhora Aparecida. A tradicional Santa Missa está prevista para às 08h30.

Nossa Senhora Aparecida

A virgem Santa, mãe de Jesus Cristo, apareceu em diversas localidades ao redor do mundo em momentos importantes da história. Graças à misericórdia de Deus, Maria apareceu no Brasil na forma de uma imagem negra, na época em que a escravidão no país estava em alta.

Maria foi proclamada Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Rainha do Brasil, em 16 de julho de 1930 pelo papa Pio XI. O Brasil rende-se ao amor incondicional da “Mãe negra” no dia 12 de outubro, data que marcou, em 1980, a proclamação de feriado e consagração do Santuário Nacional de Aparecida pelo Papa João Paulo II.

A aparição da imagem de Nossa Senhora de Aparecida ocorreu em 1717, época das Capitanias Hereditárias. O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes.

O fato era que, naquela época, meados de Outubro, não era tempo de peixes. Porém, como não podiam contradizer o pedido, rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura. Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. Depois deste encontro, que nos dias de hoje é representado em todo o Brasil no dia 12 de outubro emocionando os fieis, o barco se encheu tanto de peixes que ele quase virou!

A partir daí, a devoção da Santa foi se espalhando. Primeiro nas casas, depois se construiu uma capela, depois uma basílica, até chegar ao quarto maior santuário do mundo, o Santuário Nacional de Aparecida localizado na cidade de Aparecida, interior do Estado de São Paulo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755