Connect with us



JORNAL.AM NEWS

Justiça decreta prisão preventiva de motorista que causou acidente com morte

Publicado

em

Safismi

Em decisão publicada no final da tarde deste domingo (17), atendendo a pedido formulado pelo Ministério Público, o Poder Judiciário decretou a prisão preventiva do motorista encontrado embriagado e sem habilitação para dirigir, e que tirou a vida de Tiago Henrique Butske.

O batida entre dois veículos aconteceu na Linha São João, interior de Missal. O Corsa seguia de Missal à Itaipulândia e capotou. Já o veículo Uno, que seguia sentido oposto, pegou fogo e o condutor morreu carbonizado.

A Justiça considerou que a embriaguez do motorista, aliada à ausência de CNH em período de isolamento social, atrelado ao fato de que a forte colisão indica o emprego de alta velocidade em rodovia vicinal, são circunstâncias que caracterizam o dolo eventual, e nesse caso “homicídio doloso” – quando há intenção de matar, por assumir o risco de produzir o resultado, ou mostrar-se indiferente a ele.

A prisão preventiva não tem prazo definido e pode durar por toda a tramitação do processo.

A decisão foi proferida na tarde de hoje em Plantão Judiciário Regional, que neste final de semana está sob responsabilidade do Juízo Criminal da Comarca de São Miguel do Iguaçu.

Fonte: Guia Medianeira

Uniguaçu
eleicoes