Júlio Cesar brilha, Red Bull derrota Ponte nos pênaltis e conquista Troféu do Interior

Na grande decisão do Troféu do Interior, o Red Bull Brasil foi o campeão. Para pouco mais de quatro mil pessoas presentes no Estádio Moisés Lucarelli, na noite desta segunda-feira, os comandados de Antônio Carlos Zago enfrentaram a Ponte Preta e, após empatarem por 0 a 0 no tempo regulamentar, venceram nas penalidades por 3 a 1. O goleiro do Toro Loko, Júlio Cesar defendeu duas cobranças e foi o grande herói do título, que dá uma vaga para a Copa do Brasil do próximo ano.

O primeiro tempo da partida foi muito equilibrado. O Toro Loko iniciou melhor e criou grandes oportunidades. A Ponte acordou logo na sequência e levou muito perigo principalmente com o atacante Thalles. Os comandados de Jorginho caíram de produção após o atacante Júlio César ofender o árbitro e acabar expulso de campo. O RB voltou a controlar a partida e quase abriu o placar no último minuto, com Romário cobrando falta. O jogo vai para o intervalo zerado.

Publicidade

Na segunda etapa, o jogo caiu muito de produção. As duas equipes entraram em um ritmo mais lento e criaram poucas chances para balançar as redes. O Red Bull, com um homem a mais em campo, construiu mais jogadas, porém não conseguiu furar a retranca bem montado por Jorginho. O placar ficou novamente zerado e o jogo foi para as penalidades.

Na disputa de pênaltis, o Red Bull largou na frente, quando Thalles, da Ponte, isolou a primeira cobrança, e Ytalo converteu. Na sequência os goleiros brilharam: Ivan defendeu a cobrança de Everton e Julio Cesar o de Diego Renan. O Toro Loko cravou seu título, quando Julio Cesar defendeu a penalidade de Luis Ricardo e fechou o 3 a 1 na disputa.

Gazeta Esportiva