Connect with us



São Miguel do Iguaçu

Hospital Madre de Dio celebra Dia do Farmacêutico

Publicado

em

Safismi
Nesta quinta-feira (20), é celebrado o Dia do Farmacêutico, que reforça a importância destes profissionais para o ambiente hospitalar. A data é alusiva a fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), criada em 20 de janeiro de 1916.
De acordo com o Conselho Federal de Farmácia (CFF), as atribuições do farmacêutico hospitalar estão agrupadas em cinco principais áreas: atividades logísticas; de manipulação e produção; focadas no paciente; garantia de qualidade e atividades intersetoriais.
Em unidades hospitalares como o Hospital Madre de Dio (HMD), é responsabilidade do farmacêutico o gerenciamento da Farmácia Hospitalar e da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF).
A Farmácia Hospitalar consiste em uma unidade ligada à direção do hospital e integrada às demais unidades administrativas. Segundo o CFF, sua função é dar assistência de qualidade a partir de ações voltadas para promoção, proteção e recuperação da saúde dos pacientes, tendo o medicamento como insumo essencial.
Já a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), é responsável pela distribuição de medicamentos e materiais entre os setores hospitalares, dando suporte às ações da Farmácia Hospitalar.
Rodrigo Fauth, diretor Hospitalar do HMD, reforça que a qualidade e o atendimento humanizado são a prioridade da gestão, e responsabilidade de qualquer profissional que integra a equipe.
“Isso inclui os colaboradores que atuam na Farmácia Hospitalar e na Central de Abastecimento Farmacêutico. Eles são responsáveis pelo rigoroso controle de qualidade dos materiais e medicamentos utilizados no cuidado da vida dos nossos pacientes”, comenta Fauth.
Nesta semana, entre 17 e 21 de janeiro, os colaboradores do Madre de Dio estão participando da 4ª Semana de Farmácia Hospitalar, evento online promovido pela Pró-Saúde, gestora do hospital e uma das maiores entidades filantrópicas de administração hospitalar do país.
O tema deste ano debate a jornada do gerenciamento de medicamentos no ambiente hospitalar, que envolve todo o processo, desde o momento da aquisição à administração ao paciente.
Para a coordenadora de Farmácia do HMD, Ana Claudia Göttert, o farmacêutico tem um papel importante no progresso da saúde dos pacientes, sendo responsáveis por um conjunto de ações, que envolvem, desde o desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, ao acompanhamento e avaliação da utilização.
“O tema da Semana de Farmácia Hospitalar da Pró-Saúde efetiva a importância desses profissionais para o ambiente hospitalar, que atuam direcionados para o alcance de resultados concretos de melhoria da qualidade de vida dos pacientes”, enfatiza Göttert.
Considerado um dos hospitais mais avançados do Estado paranaense, a unidade tem capacidade para 304 leitos, além de possuir cinco salas cirúrgicas, pronto atendimento completo e departamento de imagem com oferta de exames de alta complexidade.
Fonte: Assessoria

Uniguaçu
eleicoes