Connect with us



Região

Greve de auditores da Receita segue causando congestionamento de caminhões na Ponte da Amizade

Publicado

em

Safismi

A greve dos auditores fiscais da Receita Federal, iniciada nos primeiros dias de janeiro, continua causando congestionamento de caminhões ao longo da Ponte Internacional da Amizade, entre Foz do Iguaçu e Cidade do Leste (PY).

A Operação Padrão diminuiu o ritmo de liberação de caminhões no Porto seco do lado brasileiro da fronteira. Se em períodos normais um caminhão demorava um dia para ser liberado, agora são três dias para conseguir a autorização para entrar ou deixar o país.

A fila de caminhões também afeta o trânsito de veículos de passeio na Ponte da Amizade e causa congestionamento sobre a Ruta P2, que começa na zona primária do lado paraguaio da ponte, até a saída de Cidade do Leste. O congestionamento de caminhões nesse lado das fronteira já chegou à 10 quilômetros.

Os auditores da Receita Federal do Brasil iniciaram a Operação Padrão após o anúncio do governo federal em reajustar salários de servidores da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal, deixando os demais funcionários federais de fora. Além do reajuste, os auditores também se manifestam contra o corte no orçamento da instituição para este ano.

Fonte: Rádio Cultura Foz

Uniguaçu
eleicoes