Fernandinho está fora. Seleção vai com Allan na vaga de Casemiro

Nem Casemiro nem Fernandinho. A Seleção Brasileira terá Allan à frente da zaga contra o Paraguai, às 21h30 (de Brasília) de quinta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

A confirmação foi passada pelo próprio técnico Tite, em entrevista coletiva concedida nessa quarta-feira, após o último treino da equipe antes do confronto pelas quartas de final da Copa América. A expectativa foi criada por causa da suspensão de Casemiro.

Publicidade

“Fernandinho está fora do jogo. Quem vai jogar é Allan. (Fernandinho) está num processo… Se vencermos, possivelmente ele vai estar pronto para o jogo da semifinal”, explicou o comandante. “Fernandinho ia jogar, se estivesse em condições normal e natural”.

O atleta do Manchester City desfalcou o grupo contra o Peru por causa de dores no joelho, mas vinha treinando em campo, aparentemente recuperado.

A revelação surgiu sem um questionamento específico de algum jornalista. Tite fez questão de falar. E não a toa. A estratégia é a mesma utilizada à época de seu início na equipe canarinho, às vésperas de um duelo com o Equador fora de casa, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018.

“Tinha um cunho, um objetivo. Era um momento de tensão. Era uma forma de dar tranquilidade aos atletas, gerar confiança. Eventualmente, não (revelo a escalação). Estrategicamente, não. Mas são poucas as vezes, para gerar dúvida no adversário”, explicou.

“Sobre Allan, é de dar confiança, saber que o atleta não tem (medo)… Para jogadores como Daniel Alves, Marquinhos… não teria problema. Mas, para o Allan, não. É para ele, sim (que revelei o time)”.

As fichas depositadas em Allan tem relação com as atuações do volante com a camisa do Napoli, mesmo que ultimamente o jogador tenha feito um papel de segundo homem de meio-campo.

“Allan com (Carlos) Ancelotti (técnico do time italiano), não Allan do (Maurizio) Sarri (ex-técnico do Napoli)”, referindo-se ao posicionamento mais fixo que o jogador deverá ter contra o Paraguai.

O trio de ataque que iniciou contra o Peru, com Gabriel Jesus, Firmino e Everton Cebolinha também foi antecipado por Tite. “Confirmado”, cravou.

Assim, o Brasil deve ter: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Allan, Arthur e Coutinho; Gabriel Jesus, Firmino e Everton.

Gazeta Esportiva