Connect with us



Policial

Ex-morador de São Miguel do Iguaçu, é morto no Paraguai

Publicado

em

Safismi

Um vendedor de insumos agrícolas foi morto por um tiro na cabeça. O crime aconteceu na tarde de ontem terça-feira 03, aproximadamente às 16h, na Colônia Nueva Consquista, no distrito de Itakyry, Alto Paraná no Paraguai.

A vítima foi Edson Luis Pedrone, de 59 anos, ex-morador de São Miguel do Iguaçu. Segundo informações Edson foi encontrado com um tiro no ouvido esquerdo. Ele estava em seu veículo Fiat, Strada, de cor prata de placas paraguaias CFK 072.

Até agora, os investigadores não têm dados sobre quem seriam os autores do crime e qual seria a motivação do crime.

Segundo publicação da família no Facebook, ele será sepultado hoje a partir das  16:00 no cemitério Jardim São Paulo em Foz do Iguaçu.

Informações são do site Vanguardia.

No Facebook , amigos lamentam o fato e postam mensagens de carinho e despedidas.

“Sabemos o quanto você vai nos fazer falta! Um grande amigo para todas as horas e hoje você nos deixou! Estejas ao lado de Deus vamos guardar essa mensagem com um legado seu! descanse em PAZ saudades Eterna.” Postou a amiga Romilda Guerreiro.

“Pensa em um camarada, bacana, amigo, brincalhão para mim um irmão e amigo, aprendi muitas coisas quando estivemos juntos incluse a dizer “bom dia a qualquer hora do dia”, sabemos que todos partiremos. Mas não esperava que fosse desta maneira, o que nos consola é que nos veremos novamente na eternidade. Descanse em paz.” Postou o amigo, Alan Sampaio.

“Desde os cinco anos de idade tive a graça de conhecê-lo. Me deu as primeiras camisas do Santos, e aos 14-15 me ensinou a dirigir, num fusca amarelo. Minha relação era muito além de cunhado. Foi meu amigo, meu pai em algumas ocasiões. Eu sempre torci pelo sucesso dele. E ele pelo meu. Eu não tenho mais muitas palavras pra dizer. Vivemos muitos momentos bons. Outros nem tanto. (É natural) Hoje estou em Alta Floresta-MT. A 2.215 km De Foz do Iguaçu. Não tenho como me despedir pessoalmente. Então, vou tentar me conformar que fomos excelentes amigos. E tenho o prazer de dizer que nunca brigamos. Não sou do tipo de pessoa que tem inveja, mas da generosidade desse cara, eu tinha. Tento ser parecido com ele. Penso na Bruna Guerreiro Pedrone e Rosane Guerreiro Pedrone. Se tá difícil pra mim, nem imagino pra elas. Que Deus faça justiça com esses assassinos. Que além de vermes são burros. Mataram o cara errado!!!! Edson, provavelmente a gente se despediu durante meu pranto e minhas orações. Era só o que poderia fazer. Sem mais, despeço-me.” Postou o cunhado, Fabricio Emilio Guerreiro.

 

Uniguaçu
eleicoes