Connect with us

Região

Empresário da fronteira é suspeito de integrar grupo de tráfico de mulheres

Publicado

em

Safismi

Um empresário, dono de um shopping em Ciudad del Este, no Paraguai, é apontado pela Polícia Federal como suspeito de ser um dos principais clientes de Rodrigo Otávio Cotait, de 44 anos, outro empresário de São Paulo, acusado de envolvimento com tráfico de mulheres para exploração sexual. O caso foi tema de reportagem no Fantástico, da Rede Globo, neste domingo (2).

O empresário paraguaio, Wissan Nassar, foi preso em Foz do Iguaçu na última terça-feira (27), durante a operação da Polícia Federal chamada “Harem BR”. Mais de cem mulheres foram exploradas no esquema criminoso, segundo a PF, incluindo menores de idade. Segundo a investigação, Nassar chegava a gastar cerca de R$ 200 mil por mês para manter relações sexuais com as menores e costumava ter interesse especialmente em jovens influencers e youtubers com muitos seguidores.

Uma das vítimas do empresário teria sido a cantora de funk Mc Mirella, quando ainda era menor de idade. “Eu paguei para ela. Eu paguei em ‘cash’, dinheiro. Fui sacar. A menina não tinha nem conta em banco, que ela tinha 17 anos… 16 ou 17 anos”, conta em um áudio.

A cantora chegou a ser acusada de, em 2019, ter tentado aliciar uma jovem de Foz do Iguaçu, de 16 anos, de participar e sair com um dos clientes do esquema criminoso, mas ela recusou. A oferta era de R$ 5 mil com viagem e estadia pagas. A defesa da cantora nega que tenha ocorrido essa tentativa, mesmo com prints de conversas na época.

Fonte: Portal da Cidade

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp 45 3565-1033 - Canal direto com nossa redação - Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755