Connect with us

Notícias

Em parceria com a PRF, Prefeitura de Foz do Iguaçu monta barreira sanitária na BR-277

Publicado

em

Através de uma parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Prefeitura de Foz do Iguaçu montou nesta terça-feira (14), uma barreira sanitária no posto de fiscalização da BR-277, no km 714. A medida é mais uma forma de prevenção ao novo coronavírus, além de inibir o transporte irregular de passageiros.

No local, atuarão equipes da PRF, servidores da Secretaria de Saúde, Guarda Municipal, Defesa Civil, Foztrans e alunos do curso de medicina da Unila (Universidade Federal da Integração Latino Americana).

Serão realizadas abordagens para aferição de temperatura, identificação de possíveis sintomáticos gripais e orientações quanto à prevenção da Covid-19. “Esta é mais uma ação para garantir a segurança dos iguaçuenses. Através desta barreira, vamos conseguir monitorar as pessoas que estão entrando na cidade e dar o devido encaminhamento”, explicou o prefeito Chico Brasileiro, que acompanhou o início das atividades, na manhã de hoje (14).

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, os pacientes identificados como sintomáticos serão encaminhados ao Plantão Coronavírus, que pode prescrever o isolamento ou o retorno as suas residências. Se forem sintomas mais graves, os pacientes serão encaminhados para internamento hospitalar.

Esta é a terceira barreira montada pela prefeitura e parceiros. Outras duas funcionam nas aduanadas do Paraguai e Argentina com apoio da Unila. “O apoio dos alunos de Medicina da Unila é muito importante neste momento. Além do trabalho no Hospital Municipal, através do Plantão Coronavírus, eles nos auxiliam aferindo a temperatura e orientando as pessoas que passam por estes locais”, comentou a diretora de Vigilância em Saúde Carmensita Gaievski.

O secretário de segurança pública, Reginaldo da Silva também destacou a importância da cooperação entre os órgãos. “Além dos serviços de saúde, a barreira é fundamental para que possamos identificar e combater o transporte clandestino de passageiros, e isso só está sendo possível graças a cooperação dos órgãos federais”, afirmou.

Os servidores atuarão na barreira por tempo indeterminado. Os trabalhos também têm apoio da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

Fonte: AMN

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755