Connect with us



Mundo

Em coletiva, Secretaria de Saúde de São Miguel explica a falta de medicamentos

Publicado

em

Safismi

A Secretaria de Saúde de São Miguel do Iguaçu convocou uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (08/07) fala prestar esclarecimentos sobre o desabastecimento de remédios no município. Medicações básicas como dipirona e amoxicilina estão em falta nas Unidades Básicas de Saúde e no Pronto Atendimento.

No entanto, os médicos tem sido alertados semanalmente quanto aos fármacos disponíveis e são orientados a prescrever medicamentos similares. O Diretor Clínico Pedro Matias de Araújo afirma que o paciente não deixará de receber tratamento. Caso o remédio receitado não esteja disponível, a orientação é que retorne ao médico para que seja providenciada a sua substituição.

De acordo com a Secretária Eloni Teresinha Conzatti de Queiroz, o município segue realizando buscas no mercado por meio de compras emergenciais e, ainda assim, a dificuldade continua. Isso porque o desabastecimento de insumos é uma realidade em todo o país.

Na entrevista, a Secretária de Saúde Eloni Teresinha Conzatti de Queiroz e o Diretor Clínico Pedro Matias de Araújo também comentaram sobre denúncias e reclamações publicadas nas redes sociais. Segundo os gestores, todas as críticas são levadas em consideração, mas lembram que o cidadão pode resolver determinadas situações diretamente com a equipe ou por meio da ouvidoria do município.

Assista abaixo a íntegra da entrevista:

Rádio Jornal São Miguel

 

eleicoes
Uniguaçu