Connect with us



Destaques

Eleitores indecisos são aposta de candidatos do Paraná

Publicado

em

Safismi

A contar de hoje, faltam 18 dias para a data da votação, em 7 de outubro, e os candidatos ao governo do estado preparam as suas últimas ações para a reta final da campanha.

A última pesquisa Ibope apontou Ratinho Junior (PSD) com 61% dos votos válidos, e a pesquisa Radar, divulgada ontem, mostrou ele na liderança com margem menor, de 55,3%.

Com um líder consolidado, os desafiantes vão em busca de levar o pleito ao 2º turno. “O foco é no eleitor indeciso”, diz o coordenador de comunicação da segunda colocada Cida Borghetti (PP), Marcelo Cattani. “As pesquisas mostram uma indecisão muito grande, talvez essa seja a eleição em que esse índice esteja mais alto”, diz.

Cattani explica que a candidata não tem o perfil de fazer ataques – restritos neste momento, a troca de críticas entre Ratinho e João Arruda (MDB). Assim, Cida terá a estratégia de usar uma linguagem mais direta, mas focando nos três principais temas de preocupação dos eleitores do estado: saúde, segurança e oportunidades.

Pelo lado de Ratinho, a ideia é consolidar a liderança, com muitas agendas de rua e participação nos debates. “Há uma parcela importante indecisa, mas estamos trabalhando em todos os grupos”, diz o coordenador político Norberto Ortigara.

Ratinho pretende manter o tom propositivo, mas não deixará de responder quando necessário. “Ataques grosseiros não vamos deixar sem resposta. Nós não somos o ex-governador, participamos sim do governo, mas sempre tivemos nosso grupo político”, diz. “Já estamos mostrando quem é o candidato do MDB, do Temer e da Carne Fraca”, completa.

Na terceira colocação, a campanha de João Arruda (MDB) reafirma a aposta no discurso oposicionista contra aliados de Beto Richa. “Nós temos que mostrar a verdade para o eleitor decidir.

Ou escolhe continuar com esse governo desonesto em que o Ratinho foi supersecretário e a Cida foi vice-governadora, ou escolhe mudar”, diz o coordenador da campanha, Luiz Fernando Delazari. O confronto direto interessa a Arruda, completa. “Infelizmente, o Ratinho já está fugindo dos debates: não adianta se esconder atrás de narradores”.

Até o final da campanha, serão mais dois debates em TV aberta. No PT de Dr. Rosinha, a estratégia é tentar mobilizar o eleitorado histórico da esquerda, que hoje está disperso. Segundo o coordenador de comunicação da campanha, Mario Messagi, entre 17% e 19% dos paranaenses têm simpatia pelo partido. “Este número nos colocaria disputando a vaga no segundo turno”, aponta.

 

Tarobá News

eleicoes
Uniguaçu