Connect with us



Notícias

Elefanta que vivia em Buenos Aires passa por Foz com destino ao Mato Grosso

Publicado

em

Safismi

A Ponte Tancredo Neves (Fraternidade), que liga Foz do Iguaçu à Puerto Iguazú, na Argentina, está fechada desde o mês de março para o tráfego de pessoas. Mas nesta segunda-feira, 11, a ponte, que não está fechada para o tráfego de cargas, teve uma passagem especial. A elefanta Mara, de 55 anos, que vivia em um zoológico em Buenos Aires passou pela Ponte da Fraternidade. O destino do animal é um santuário no Mato Grosso.

Mara pesa cerca de 5.500 kg, mede 5 metros de comprimento, 2 metros de largura e 3 de altura. Os primeiros anos da sua vida, ela passou a primeira parte de sua vida como atração de circo até ser levada para o zoológico da capital argentina, agora convertido em Ecoparque, onde ela tem seu habitat. Antes de chegar na Argentina, ela já passou da Índia para a Alemanha, antes de ingressar em circos em Montevidéu e Buenos Aires, onde viveu os últimos 25 anos. Provavelmente esta será sua última viagem durante a vida.

A viagem, que teve Foz do Iguaçu no itinerário, terá como destino um santuário para elefantes de cerca de 1.200 hectares no município de Chapada dos Guimarães, no estado do Mato Grosso. A viagem de Mara levará quase uma semana em um caminhão. Durante o trajeto, o animal está alojado em uma grande caixa e é acompanhado por zeladores, que cuidam de sua segurança. A Polícia Rodoviária Federal fez a escola do transporte de Mara em Foz do Iguaçu. De acordo com a PRF, ela já deixou a cidade.

Fonte: Rádio Cultura Foz

Uniguaçu
eleicoes