Connect with us



Esporte

Do gesto solidário ao Fla: Sul-Americana reúne novamente Rueda, Berrío e Chape

Publicado

em

Safismi

O olhar perdido segundos antes do início da entrevista coletiva deixava claro: estar na Arena Condá será sempre mais do que apenas um jogo para Reinaldo Rueda e Orlando Berrío. É inevitável, o cenário os remete a tudo que aconteceu em 29 de novembro, quando, pelo Atlético Nacional, enfrentariam a Chape na decisão da Copa Sul-Americana.

Entre jogadores, dirigentes e jornalistas, 71 pessoas morreram após a queda do avião que transportava a delegação do time catarinense.
A competição agora é a mesma, mas a camisa é a do Flamengo. Na sala da imprensa, a placa em homenagem aos jornalistas mortos no acidente do ano passado explica a “desatenção” misturada com emoção antes de encarar os microfones. Para os dois colombianos, é mesmo um encontro diferente.

A Copa Sul-Americana será o quarto torneio no qual Reinaldo Rueda comandará o Flamengo desde sua chegada, há quase um mês. O gesto solidário de dar o título de 2016 à Chapecoense, após a tragédia de Medellin, passou pela sensibilidade do técnico colombiano naquele momento de dor.

 

Globo Esporte

Uniguaçu
eleicoes