Depois de dois anos sem casos no Paraná, Foz do Iguaçu registra morte causada por dengue

O Laboratório Central (Lacen) confirmou nesta segunda-feira (16) o primeiro caso de morte por dengue no estado em 2018. A última morte pela doença no Paraná havia sido registrada em abril de 2016.

A paciente, de 83 anos, moradora de Foz do Iguaçu, estava internada desde o dia 22 de março e morreu no dia 27.

De acordo com o departamento de Vigilância Epidemiológica do Município, a idosa tinha diabetes e era hipertensa, condições que podem ser agravadas com a dengue.

O último boletim da dengue indica que no Paraná foram 587 confirmações da doença entre o dia 1º agosto de 2017 e 10 de abril de 2018. Os municípios com o maior número de casos são Maringá (148), Foz do Iguaçu (73), e Cambé (27).

Campanha de vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde está tendo dificuldades para atingir a meta de vacinação contra a dengue. No fim de semana, equipes volantes que percorreram alguns locais da cidade para reforçar a imunização.

A meta para a 3ª dose é de 10.427 pessoas com idade entre 15 e 27 anos, considerado o grupo mais vulnerável para a doença. Por enquanto, foram vacinados cerca de 3 mil jovens.

A campanha segue até o dia 28 de abril.

COMPARTILHAR