Connect with us



São Miguel do Iguaçu

Câmara de Vereadores de São Miguel do Iguaçu realiza 1ª Sessão Ordinária

Publicado

em

Safismi

Os vereadores de São Miguel do Iguaçu se reuniram na tarde desta segunda-feira (08/02) na Câmara Municipal para a primeira sessão ordinária da nova legislatura. Com ausência de Marquinhos Murbak e Elói Racki, a plenária manteve a restrição de público e foi transmitida pelo Facebook.

Entre as matérias de autoria do Prefeito Boaventura Motta, foram colocados em leitura os projetos que criam a campanha “Nota Fiscal Premiada” e o Programa de Recuperação de Crédito (Refismi). Também foi discutida a proposta de criação e extinção de cargos na administração municipal. Outro assunto que passa a tramitar na casa é referente à extinção da Agência Reguladora Ambiental de São Miguel do Iguaçu (ARASMI).

Para o Presidente da Câmara Municipal, vereador Raulique Farias, o compromisso do Legislativo é garantir transparência e amplo debate nos assuntos de interesse público. Em entrevista à Rádio Jornal, Quéty, como também é conhecido, citou alguns dos projetos que devem pautar o debate nas próximas semanas.

A convite da Comissão de Saúde e Bem Estar Social, a Secretária Municipal de Saúde, Clair de Lara Boles, compareceu à tribuna para esclarecer sobre a aplicação irregular de vacinas contra a covid-19 para pessoas que não se enquadram no grupo de risco. Segundo Clair, o andamento da vacinação segue dentro do cronograma.

Entre as matérias do Poder Legislativo, o vereador Lafaiete Ganda Meira (PSDB) indicou ao Prefeito Motta a instalação de iluminação do Lago Municipal José Christ. O parlamentar também cobra maior atenção com relação à limpeza do espaço público.

De autoria do Vereador Evandro Ghellere, foi apreciada uma indicação que propõe a readequação da Estrada de acesso à comunidade de Linha Cruzeirinho. Segundo Ghellere, as condições precárias da via já acarretaram perdas para produtores rurais.

O vereador Wando da Garagem propôs ao Poder Executivo a instalação de um Painel Eletrônico com informações sobre a arrecadação. Já a vereadora Juliane Dandolini apresentou uma indicação que propõe reduzir o valor da Taxa de Iluminação Pública. De acordo com a parlamentar, a proposta é criar um novo índice para o cálculo da contribuição.

 

Fonte: Fernando Figa | Imagem: Luiz Henrik | Rádio Jornal São Miguel

Uniguaçu
eleicoes