Connect with us

Destaques

Cacique é a segunda pessoa imunizada contra Covid em São Miguel

Publicado

em

Safismi

Após o ato solene na Prefeitura Municipal de São Miguel do Iguaçu da primeira vacina contra o Coronavírus, o Prefeito Motta e toda equipe da Saúde, foram até a Aldeia Indígena Tekoha Ocoy, em Santa Rosa, acompanhar a aplicação da segunda dose da vacina.

A Diretora da 9ª Regional de Saúde, Iélita Santos da Silva, também esteve presente no local. “Foi aqui em São Miguel a primeira aldeia que teve o primeiro caso positivo do Covid-19, e com isso, o surto na região oeste. Fizemos um excelente trabalho aqui dentro, tanto da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, Regional, servidores que trabalham dentro da aldeia, Unila e entre outras pessoas que ajudaram na força tarefa para controlar os casos de Covid. Então, esse momento de você imunizar o primeiro indígena é um marco, é a dose da esperança, e é através do cacique, que os demais podem observar o quão importante é a vacinação”, enfatiza Iélita.

Quem recebeu a primeira dose na Aldeia e a segunda do Município, foi o cacique Silvano Tupãvera Sentorian que tem 36 anos e está à frente como cacique da tribo há 30 dias. O indígena Pedro Tupã Bolantin, estudante de enfermagem estava na UBS da Aldeia no momento e também já se imunizou.

Na oportunidade, Iélita Diretora da Regional, aproveitou para esclarecer algumas dúvidas da população. “A segunda dose será aplicada daqui 25 dias, e não existe diferença da primeira para segunda vacina, no Brasil só foram distribuídas as vacinas do instituto Butantan da CoronaVac. Também vale lembrar que as vacinas não podem ser aplicadas em pessoas menores de 18 anos de idade e gestantes, pois não houve nenhum estudo, nem com gestante nem com adolescentes ou crianças”, explica Iélita.

São Miguel do Iguaçu recebeu neste primeiro lote de vacinas, 717 doses, que serão destinadas assim: 296 para profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao Coronavírus, seja nas UBS’s ou ala Covid, 375 doses para Aldeia Indígena e 28 idosos do Lar Dom Scalabrini, mais 18 funcionários da instituição.

ASSESSORIA


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755