Connect with us

Notícias

Após quase um mês, mulher consegue voltar ao Paraguai com o corpo do marido

Publicado

em

A paraguaia que esperou quase um mês para repatriar o corpo do marido, conseguiu passar a Ponte Internacional da Amizade na tarde de terça-feira (28). A mulher e os cinco filhos foram para São Paulo para acompanhar o marido que fazia um tratamento contra leucemia.

O homem morreu no dia 31 de março e no dia 2 de abril chegou a Foz do Iguaçu. Desde então a mulher esperava liberação do setor migratório paraguaio para voltar ao país com o corpo do marido. Ela lamentou o transtorno que passou devido aos protocolos adotados pelo Paraguai por causa da pandemia de novo coronavírus.

“No dia 3 de abril me apresentei ao consulado e fui recebida pelo cônsul apenas no dia 24. Agora conseguimos passar, após muita espera, muita burocracia, um verdadeiro calvário. Foi muita angustia e desespero durante o tratamento do meu esposo, seu falecimento e depois quando ficamos parados em Foz do Iguaçu”, disse a mulher.

A paraguaia contou que ficou este tempo hospedada na casa de uma amiga brasileira da família em Foz do Iguaçu, próximo a Ponte da Amizade. “Não saíamos de casa porque minha filha é asmática e não queríamos nos arriscar. A senhora que nos deu hospedagem me acompanhou em todos os momentos”, contou.

A família da cidade paraguaia de Villarica, desde 2019 viajava a cada seis meses para São Paulo onde o marido realizava tratamentos de quimioterapia e radioterapia, contra uma leucemia. Após retornar ao Paraguai por 15 dias antes da continuidade do tratamento, o médico sugeriu que os filhos fossem juntos para acompanhar o pai, já com diagnóstico maligno. “O desejo dele era voltar ao Paraguai, então fizemos toda a preparação do corpo para traze-lo de volta”, disse a esposa.

Fonte: RCF

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755