Connect with us



Chega Mais

Alimentação Saudável – OS DIFERENTES TIPOS DE OVOS E COMO CONSUMI-LOS

Publicado

em

Safismi

Algumas características podem mudar, mas o conteúdo é praticamente o mesmo.
A cor e a espessura da casca, por exemplo, variam de acordo com a raça das galinhas. Já a cor da gema muda conforme a alimentação dos animais. Se recebem alimentos ricos em pigmentos carotenoides (naturais ou artificiais), a gema ficará de um amarelo mais intenso, quase alaranjado. No entanto, os valores nutricionais nesses casos são bastante similares.

Em suma, esse versátil ingrediente é rico em proteínas, vitaminas A, D, E e do complexo B, além de conter selênio, zinco, cálcio e fósforo. Isso tudo ajuda a proporcionar diversos benefícios para a saúde. Entre eles, o aumento da massa muscular, melhora do funcionamento do sistema imunológico, prevenção do envelhecimento precoce, e diminuição da absorção do colesterol no intestino.

Quais são os diferentes tipos de ovo?
Ovo industrial (ou “de granja”)
É o ovo mais comumente encontrado nos supermercados. É obtido a partir de galinhas de linhagens geneticamente melhoradas, criadas em gaiolas. A alimentação desses animais é balanceada, com ração à base de insumos como, por exemplo, milho e soja transgênicos. Todo o ciclo de produção das galinhas nesse caso, é controlado, do ambiente, à nutrição e à sanidade das aves.

Ovo cage free (ou “livre de gaiolas”):
Diferente dos ovos industriais comuns, como o nome sugere, nesse caso as galinhas não são criadas em gaiolas. As aves têm poleiros, ninhos, alimentação balanceada e ficam em ambientes com luminosidade controlada. O conceito é promover um sistema de confinamento que permita que os animais tenham conforto e uma rotina mais próxima ao seu comportamento natural, como ciscar e andar livremente. O bem-estar animal é, em suma, o grande diferencial dos ovos cage free.

Ovo caipira
Esses ovos são obtidos da galinha caipira – uma ave de raça rústica cuja criação é feita em um modelo híbrido, num ambiente fechado como um aviário ou galinheiro, mas que também tenha uma área aberta de pasto. A alimentação desses animais também difere: a ração não pode conter nenhum pigmento artificial, e eles devem ingerir verduras, ervas e legumes.
Justamente por comerem milho e folhas verdes, as galinhas caipiras ingerem um pigmento que deixa a cor da gema mais intensa, uma característica bastante associada ao ovo do tipo caipira.

Ovo orgânico
Dentre os tipos de ovo da lista, o orgânico é provavelmente o mais saudável. Afinal, nesse caso a galinha é criada de maneira semelhante à da galinha caipira. A grande diferença é a alimentação, que é feita com insumos sem nenhum agrotóxico ou ingredientes transgênicos.
Ou seja, é o único tipo de ovo de galinhas que não pode receber medicamentos antibióticos e promotores de crescimento. Além disso, vale sempre lembrar que alimentos orgânicos passam por certificações que determinam o respeito ao meio ambiente durante todo o processo.

Apesar de as necessidades nutricionais serem individuais, no geral a quantidade recomendada é de um a dois ovos por dia. E inserir esse alimento na rotina é super fácil. Afinal, existem diversas receitinhas, das mais simples às que requerem mais talento na cozinha, e todas podem ser feitas com os diferentes tipos de ovo. Bateu a fome por aí? Então espia só:

O tradicional ovo cozido
O tempo de cozimento depende do gosto de cada um: para uma gema mais mole, 5 minutinhos bastam. Já para quem gosta de um ovo mais consistente, com a gema durinha, o ideal é deixar no fogo de 5 a 12 minutos. Depois disso é só descascar e combinar com verduras, salada ou servir na forma que preferir.

Ovo poché
Esse prato famoso é um jeito diferente de consumir o alimento. Nessa receita, o ovo é cozido na água, só que sem a casca. É preciso quebrar o ovo em um recipiente, tomando todo cuidado para não desfazer a gema. Em seguida, deposite o ovo em uma panela com água quente. Cuide para não deixar a água ferver.

O ovo frito perfeito
Dizer que a pessoa “não sabe fritar o ovo” é um sinônimo de que alguém, de fato, não entende nada de cozinha. Mas na prática, obter o ovo perfeito, chamado de ovo estrelado em muitos lugares, pode ser uma tarefa bem mais difícil do que parece.

Uma boa dica para chegar naquele ovo de gema mole e borda crocante é usar uma frigideira com tampa. O vapor quente vai cozinhar a clara no tempo certo para não deixar a gema endurecer.

Fonte: LIV UP | Imagem: Webrun

Uniguaçu
eleicoes