Connect with us

Chega Mais

Alimentação Saudável – COMO CONGELAR ALIMENTOS PARA ELES DURAREM MAIS

Publicado

em

A ideia de que comer alimentos frescos é exclusivamente mais saudável já ficou ultrapassada.
Engana-se quem pensa que alimentos congelados não são tão nutritivos quanto os frescos. E tem comprovação científica! Um estudo que analisou os nutrientes de frutas e vegetais, descobriu que quando congelados, em muitos casos, são mais nutritivos porque os produtos frescos perdem vitaminas quando deixados na geladeira. Um freezer cheio de comida pode te poupar tempo e além dos benefícios das vitaminas, os alimentos duram muito mais quando são congelados.

Quais alimentos podem ser congelados?
Alguns alimentos não podem ser congelados. Para outros, a recomendação é que sejam cozidos antes de serem congelados. Isso porque a água do alimento se expande durante o processo de congelamento e isso rompe as células, deixando o alimento murcho, como é o caso da cenoura e batata. Por outro lado, alguns alimentos podem ser congelados ainda crus.
Alimentos que podem ser congelados:
Cereais, pães e tubérculos:
macarrão cozido
arroz cozido
farinha (você pode usar direto do freezer)
pão em fatias
massa de pão
Hortaliças
brócolis cozido
cenoura cozida
vagem cozida
pimentão
espinafre
ervas
Frutas
bananas descascadas
morango
mirtilo (blueberry)
manga sem casca e em pedaços
uva
Leguminosas
nuts
feijão cozido (com caldo)
Carnes e ovos
ovo cozido
carne crua e cozida
Leite e derivados
manteiga
queijo ralado
iogurte
Alimentos que você não deve congelar:
leite;
alimentos fritos;
creme de leite;
molhos à base de ovo: maionese;
vegetais com alto teor de água: alface, pepino, broto de feijão e rabanete.
Como escolher a embalagem ideal para congelar alimentos?
Outra dica importante na hora de congelar alimentos é a escolha certa da embalagem. Isso é essencial para garantir que não aconteça contaminação e para otimizar espaço no freezer.
Mas afinal, qual é a embalagem ideal? Depende do tipo de alimento.
Recipiente de vidro
Vidro é sempre positivo porque é difícil causar contaminação. Ideal para alimentos que não podem ser amassados.
Sacos de polietileno
Esses saquinhos são perfeitos para alimentos de formato irregular, como massas de pão e líquidos. A dica com os sacos de polietileno é retirar todo o ar antes de selar a embalagem e não causar oxidação.
Forma de gelo
Aquela dica passada de gerações a gerações também é válida: forminhas de gelo. São ótimas para guardar pequenas porções, pedaços de frutas e até ervas!
Por quanto tempo posso deixar a comida congelada?
carne moída ou picada: de 3 a 4 meses
carne em peça: de 8 a 12 meses
comida processada e pratos prontos: 3 a 4 meses
embutidos: de 1 a 2 meses
frango e aves: de 9 a 12 meses
frutas, legumes e vegetais: 5 a 6 meses
hambúrgueres, almôndegas e bolo de carne: de 2 a 3 meses
pães e massas: de 1 a 2 meses
peixes e frutos do mar: de 3 a 6 meses
sopas, cozidos e refogados: de 2 a 3 meses
Por que mesmo após a segunda dose da vacina tenho que usar máscara?
Entenda porque é importante continuar se protegendo e usando máscara mesmo depois da imunização completa.

Fonte: Juliana Conte | Imagem: 1000 recetas

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home3/radiojornal/public_html/wp-includes/functions.php on line 4755