Tribunal de Justiça anula cassação de cinco vereadores em Foz do Iguaçu

O Tribunal de Justiça anulou a cassação de vereadores reeleitos, porém, investigados na Operação Pecúlio.

Apesar da anulação, medida de restrição que proíbe os vereadores de entrarem na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, segue valendo, mas deve ser reavaliada.

Os vereadores com a cassação anulada são os vereadores são: Luiz Queiroga, Darci DRM, Edilio Dallgnoll, Rudinei de Moura e Anice Gazzaoi.

O processo foi anulado por extrapolar o prazo de 90 dias.

Um novo processo será iniciado, dentro dos prazos previstos com a necessidade de dez votos dos 15 vereadores pela cassação.

A cassação ocorreu em votação aberta a população no dia 1º de julho de 2017. Os cinco vereadores cassados tiveram apenas um voto contrário do hoje reeleito vereador Beni Rodrigues, que também foi investigado na Pecúlio, e chegou a ser preso temporariamente na Operação Nipoti.

Os advogados dos vereadores devem se pronunciar nos próximos dias.

 

Redação Catve.com

COMPARTILHAR