Santa Terezinha de Itaipu está no G10 do Oeste do Paraná no Desenvolvimento Sustentável

O município de Santa Terezinha de Itaipu está entre os 10 melhores do Oeste do Paraná nas boas práticas para o desenvolvimento sustentável. A avaliação é do Programa Cidades Sustentáveis, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com a Itaipu Binacional.

O Oeste do Paraná é referência no Estado, que por consequência é referência ao Brasil. E os 54 municípios da região fazem parte do Projeto Oeste 2030: Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável. Em 2015, o Brasil assumiu um compromisso de alcançar o desenvolvimento sustentável até o ano de 2030, chamado Agenda 2030 e que conta com 17 objetivos.

Publicidade

“A gente que visita o Oeste do Paraná, sempre ouvimos falar de Santa Terezinha e quando estamos aqui, percebemos que a população tem um engajamento diferenciado. Quando tivemos o primeiro encontro eu percebi que havia muitas associações, ONGs, a sociedade civil participando. E essa agenda de atuação conjunta, deve acontecer desta forma. A agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável não é uma agenda pública, ela deve ser de todos os setores. Claro que a gestão pública tem o seu compromisso, tem o seu papel. Mas nós precisamos que as empresas, as cooperativas, toda a sociedade esteja envolvida nesse processo de disseminação da sustentabilidade”, comentou a técnica do programa de desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU), Talita Aquino de Souza.

Ao final da reunião, a prefeita em exercício Neide Mariot Corrente assinou o Pacto Global, documento que fortalece o compromisso não apenas do município, mas de empresas locais e de toda a sociedade. “Essa assinatura de hoje significa o registro das ações que são realizadas. É um sistema, ao qual iremos alimentar com a parceria de todas as secretarias e esses dados sobre o desenvolvimento sustentável serão fundamentais para o reconhecimento de nosso município”, garantiu a prefeita em exercício.

 

Assessoria

COMPARTILHAR