Presos do Projeto Esperança realizam melhorias dentro da cadeia de São Miguel do Iguaçu

Detentos que fazem parte do Projeto Esperança, desenvolvido na Delegacia da Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, estão trabalhando na melhoria da estrutura do solário do setor de carceragem da instituição.

O Projeto Esperança completou três anos no último mês de novembro, e desenvolve desde a sua implantação a ressocialização dos presos, principalmente através de atividades que dignificam o homem, o trabalho.

Publicidade

Desde 2015, os presos com melhor comportamento recebem capacitação profissional e prestam serviços à comunidade.

O objetivo é colaborar para a reinserção do detento à comunidade e prepara-lo para uma atividade profissional. Outro benefício que o projeto traz aos detentos é que a cada três dias trabalhados, reduz-se um dia na sua pena.

 

Portal Costa Oeste

COMPARTILHAR