Manifestação de agricultores contra a demarcação de terras envolve comércio

Com a preocupação quanto a possíveis demarcações de terras para reservas indígenas em Santa Helena, os produtores rurais se mobilizaram como forma de manifestar a apreensão relacionada ao assunto nesta quinta-feira (05/04). A manifestação recebeu o apoio do comércio do município.

Grande parte dos empreendimentos fecharam as portas das 8h as 10 horas. Empresários e colaboradores se reuniram, junto com os produtores rurais, em frente à prefeitura, tendo em vista que no local também houve uma reunião entre o Ministério Público, representantes de organizações governamentais, indígenas, Itaipu e demais setores da sociedade organizada.

O fechamento do comércio contou com apoio da ACISA, juntamente com o Conselho do Jovem Empreendedor (Cojem) e Conselho da Mulher Empreendedora (CME).

Com o manifesto, os produtores e empreendedores tiveram como objetivo repercutir sua preocupação a respeito do assunto, que leva insegurança a sociedade rural.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Helena, Flávio Back, explica que os proprietários de terras estão apreensivos e se posicionam contrários à demarcação de terras produtivas.

Um levantamento da atual população indígena no município será realizado e a realocação destes indígenas em áreas já demarcadas será avaliada.

Uma nova proposta será apresentada em nova reunião, marcada para dia 13 de abril, na prefeitura de Santa Helena, entre representantes das comunidades indígenas, da Itaipu, executivo, legislativo e ministério público do município.

   

   

    

 

Correio do Lago

COMPARTILHAR