Galiotte confia em vontade de Felipe Melo de voltar a jogar pelo Palmeiras

(Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

A reintegração de Felipe Melo ao elenco principal do Palmeiras parece cada vez mais próxima. Nesta segunda-feira, em festa pela comemoração dos 103 anos do Verdão, o presidente Maurício Galiotte afirmou ter certeza da vontade do volante de voltar a atuar pelo clube.

“A posição oficial do atleta não veio a público ainda, mas nós temos certeza que o Felipe quer jogar no Palmeiras, quer voltar a vestir a camisa. Em pouco tempo de clube ele criou uma empatia muito grande com a torcida. Temos certeza que ele quer volta a jogar pelo Palmeiras”, disse o mandatário.

Galiotte foi muito questionado sobre o caso e, em um primeiro momento, se mostrou evasivo, relatando apenas que os departamentos médico e de futebol estão atuando em conjunto para resolver a situação do jogador. Com a insistência dos jornalistas no assunto, porém, o dirigente mostrou um tom mais otimista sobre a situação.

“Existe realmente uma preocupação (com a parte jurídica), mas o Felipe foi contratado por sua história, por suas qualidades, pelo currículo e pelo jogador que é, com muita energia e muita vibração. Portanto, eu não colocaria (uma possível reintegração) apenas na questão jurídica. Não é só isso que vai decidir”, disse Galiotte, antes de ser perguntado sobre sua vontade pessoal no caso. “Fui quem contratei o Felipe Melo, não?”

Após a goleada sobre o São Paulo, no Palestra Itália, o técnico Cuca admitiu a possibilidade de o Pitbull ser reintegrado ao elenco principal do Palmeiras caso a janela de transferências se feche sem que o volante encontre outro clube. A janela de transferências para os principais mercados da Europa fecha no dia 31 de agosto. No entanto, outras ligas menos influentes, como a da Turquia, onde Felipe Melo é ídolo do Galatasaray, fecham apenas no dia 8 de setembro.

“Nós temos que pensar na instituição e temos que pensar no atleta. Caso tenhamos alguma proposta e o jogador tenha interesse, vamos tratar o assunto. Não vamos descartar absolutamente nada”, finalizou Mauricio Galiotte.

Felipe Melo foi afastado depois de fazer um comentário ofensivo sobre o técnico Cuca no vestiário do Mineirão, após a eliminação da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro. O vazamento de um áudio em que chamava o treinador de “mentiroso e mau caráter” agravou a situação e fez com que ele passasse a treinar em horários alternativos.

Nos últimos dias, o diretor de futebol Alexandre Mattos vem tentando promover uma aproximação entre Felipe Melo e Cuca, que não se falavam desde que o Pitbull foi afastado, em julho. O volante está de folga com sua família em Jericoacoara (CE), e a expectativa é de que ocorra uma nova reunião após a janela de transferências fechar. Até hoje, o Palmeiras não recebeu nenhuma proposta pelo atleta.

Ainda nesta segunda-feira, o atacante Willian mostrou-se animado com a possibilidade de reintegração de Felipe Melo e ainda afirmou que tem certeza que o Pitbull irá retornar.

Gazeta Esportiva

COMPARTILHAR