Fagner é convocado pela Seleção e desfalca o Corinthians em decisões

O Corinthians não poderá contar com Fagner nesta quarta-feira, contra o Ituano, na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista e provavelmente também não terá seu lateral-direito nas duas partidas das quartas de final do Estadual, diante da Ferroviária. Tudo porque a Seleção Brasileira teve de cortar Daniel Alves nessa segunda-feira.

Uma lesão no joelho esquerdo forçou o corte do jogador do PSG e motivou o chamado de Fagner por Tite. Aliás, substituir Daniel Alves não é uma surpresa para o corintiano, que inclusive defendeu o Brasil na Copa do Mundo da Rússia por causa do mesmo motivo.

Publicidade

“Feliz por estar voltando à Seleção, mais uma vez, representando o Corinthians. Fico feliz de poder estar retornando, quero agradecer meus companheiros, minha família, que se não fossem eles, no dia a dia, me apoiando, me dando força não seria possível estar retornando. Meu agradecimento a todos vocês”, comemorou, Fagner.

Fagner deve viajar o quanto antes, pois o grupo verde-amarelo já se encontra reunido em Portugal, onde enfrentará o Panamá no próximo sábado. Três dias depois, o desafio é contra A República Tcheca, na casa dos adversários.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda não confirmou as datas da próxima fase do Paulistão, mas a tendência é que o Timão jogue no dia 27, dia seguinte ao desafio brasileiro na Europa.

O aproveitamento de Fagner no segundo jogo com a Ferroviária dependeria dele não atuar pela Seleção na véspera e o Corinthians montar uma estratégia para trazer seu atleta o mais rápido possível, fretando um avião. Caso o Corinthians seja escalado para jogar na quinta, aí sim Fagner teria maiores chances de ser utilizado por Fábio Carille.

Gazeta Esportiva